26 de janeiro de 2009

Orgânicos na Casa Branca


Durante as duas Grandes Guerras, o governo dos Estados Unidos pediu que os cidadãos plantassem hortas nas suas casas para enfrentarem as dificuldades econômicas e a falta de alimento. Vinte milhões de “Victory Gardens” foram plantados pelos americanos, em 1943. Os jardins da Casa Branca também se transformaram em uma enorme fazenda com grãos plantados sob a coordenação de Eleanor Roosevelt, a ativista dos direitos humanos casada com o presidente Franklin Roosevelt.

Reproduzir esta experiência, é o sonho de um grupo de americanos que roda os Estados Unidos com um estranho ônibus e recolhe assinaturas de apoio ao pedido para que o presidente Barack Obama faça no entorno da Casa Branca uma fazenda de produtos orgânicos. No texto proposto pelo The White House Organic Farm que também atende pelo reduzido nome de The Who Farm existem cinco artigos.

Eles sugerem que a fazenda na Casa Branca seja plantada por crianças de escolas públicas e pessoas portadoras de deficiência e os alimentos servidos ao presidente e a família dele, e sustentasse a merenda escolar na rede de ensino. A distribuição seria feita por voluntários a pé ou de bicicleta. Outra curiosidade: as terras plantadas na Casa Branca usaria adubo resultado de dejetos e restos de comida das três esferas do governo federal, a própria Casa Branca, o Capitólio e a Suprema Corte.

Para quem pretende incluir seu nome nesta petição ao presidente dos Estados Unidos Barack Obama pode acessar o site do The Who Farm.

1 comentários:

milton toshiba disse...

Pediram para ele trocar a cozinheira, mas ela será a mesma do Bush.

Postar um comentário